Envie agora um email e ajude a salvar o futuro da Amazônia.


Defenda Urucu!



Envie agora um e-mail para Bolsonaro, Paulo Guedes, Castello Branco e Governantes

Who will you press? (11 targets)
pessoas já enviaram!
Querem passar a boiada da privatização da Petrobrás.

Passando por cima da legislação, o governo federal e a direção da Petrobras anunciaram em julho a venda do Pólo Urucu. Aproveitando a pandemia, querem passar a boiada da privatização da Petrobrás.

Em Urucu encontra-se a maior reserva terrestre de gás natural e o petróleo de melhor qualidade do Brasil. O Pólo é responsável por levar energia a toda a região norte e parte do nordeste com responsabilidade ambiental e social.

A privatização ameaça a floresta amazônica. Em 32 anos não há um registro de acidente de grandes proporções da Petrobrás na Amazônia. As empresas privadas de petróleo são responsáveis por centenas de acidentes ambientais no mundo, como vimos no litoral do nordeste este ano.

São 2100 empregos diretos que alimentam uma cadeia de milhares de empregos na região. Além de entregar nossas riquezas naturais para empresas estrangeiras, a privatização vai afetar a economia local, a arrecadação pública e o botar a floresta amazônica em risco.

Está na hora de defender o futuro do Brasil. Preencha agora o formulário e vamos lotar a caixa de emails das autoridades exigindo o cancelamento da privatização.



Privatizar Urucu é uma ameaça para a Amazônia. Nós já vimos esse filme antes com a privatização da Vale, que resultou no maior acidente ambiental que este país já viu em Mariana e Brumadinho (MG). Uma empresa privada priorizará seus lucros em detrimento do meio ambiente.

Em mais de 30 anos de atividades em Urucu a Petrobrás não registrou nenhum acidente de grandes proporções e se tornou referência internacional em ocupação responsável da floresta.




As atividades em Urucu geram dois mil empregos diretos e tantos outros indiretos, garantindo o sustento de milhares de famílias amazonenses. A Petrobrás contribui com 15% do PIB do estado do Amazonas, o que garante mais investimento público em todas as áreas: saúde, educação e infraestrutura.

A companhia investiu por anos em educação e cultura em projetos como o Barco Escola, Ciência Sem Fronteiras e diversos editais culturais. Sem essa responsabilidade social, a região ficará ainda mais pobre.




O suor e o sangue de milhares de brasileiros construiu a Petrobrás. Construíram a maior base tecnológica auto-sustentável da Amazônia.

A Petrobrás está sendo fatiada e vendida aos poucos. O objetivo é recolonizar o Brasil, permitindo empresas estrangeiras lucrarem com nossas riquezas. A Petrobrás desenvolve a tecnologia, faz investimentos pesados e entrega para os gringos. Não podemos permitir um assalto deste tamanho, Petrobrás tem que ficar, pela sua história e pelo futuro!



Veja o vídeo e entenda mais sobre a privatização do Polo Urucu









Facebook

Instagram

Twitter

Youtube